A nove dias da Copa, Brasil goleia o Panamá

Por Emerson Pereira

Amistoso internacional – Brasil x Panamá

Neymar foi o melhor em campo, marcando um golaço de falta (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
Neymar foi o melhor em campo, marcando um golaço de falta (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Se preparando para a Copa do Mundo, o Brasil enfrentou na tarde desta terça-feria, dia 3, a seleção do Panamá no Estádio Serra Dourado, em Goiás. Como o esperado, os brasileiros golearam os panamenhos pelo placar de 4 a 0. O nome do jogo foi o atacante Neymar, que marcou um golaço de falta.

A partida

No primeiro tempo, o Brasil ficou, principalmente nos primeiros vinte minutos, fazendo a bola girar, com passes pra lá e pra cá. Diferentemente de como estava jogando, aos 26, Neymar fez jogada individual e, quando ia entra na área, foi derrubado por Luis Tejada. O camisa 10 brasileiro se levantou, ajeitou a bola, cobrando a falta com maestria, no ângulo direito de McFarlane: 1 a 0. No minuto seguinte, Neymar canetou o adversário, mas mandou pra fora.

Seguindo com o mesmo padrão de jogo, fazendo a bola girar, o Brasil achava espaços na marcação panamenha. Sendo assim, aos 39 minutos, Daniel Alves recebeu na entrada da área e soltou um canudo, na parede direita do gol: 2 a 0, placar do primeiro tempo.

Brasil é mais ofensivo, marca mais dois e vence o amistoso

Logo aos 46 segundos da etapa final, Neymar foi acionado e, de calcanhar, serviu Hulk. Ele, de primeira, mandou de trivela para estufar a rede da seleção da América Central: 3 a 0. No lance seguinte, Neymar cruzou na cabeça de Fred, mas a bola foi para fora.

Sendo mais ofensivo em comparação ao primeiro tempo, aos sete minutos, Neymar fez jogada de velocidade, penetrou na área e soltou uma bomba para a grande defesa de McFarlene. Aos dez, o Panamá chegou pela primeira vez ao gol brasileiro, quando em cruzamento para a área, Quintero cabeceou, Julio César escorregou, mas se recuperou, salvando o Brasil.

Daniel Alves também teve boa atuação no Serra Dourada (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
Daniel Alves também teve boa atuação no Serra Dourada (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Aos 14, em bate-rebate na área, o zagueiro David Luiz subiu mais alto e testou rente o travessão. O quarto gol era questão de tempo e, aos 27 minutos, ele saiu: Neymar, o dono do jogo, tocou mais na frente para Maxweel, que cruzou para o meio, onde estava Willian. Ele chegou batendo, a bola foi no canto direito: 4 a 0.

Aos 35, Neymar cobrou falta para área, Henrique cabeceou no travessão. No lance seguinte, Gavilán Gómez colocou a mão na bola e o árbitro marcou pênalti, expulsando o jogador panamenho. Porém, o “dono do apito” voltou atrás, retirou o vermelho, marcando impedimento de Maicon.

Nos últimos cinco minutos, o Brasil não arredou o pé do seu campo ofensivo. Quase ampliando, quando Neymar tabelou com Jô e, de longe, finalizou no canto direito do goleiro Calderón. Fim de jogo: 4 a 0 para o Brasil, que tem a Sérvia na próxima sexta, 6, no Morumbi, em São Paulo.

Dados da partida:

BRASIL 4×0 PANA

Local: Estádio Serra Dourada, Goiânia-GO;
Horário: 16h00min;
Data: Terça-feira, dia 03/06/2014;

Árbitro: Raul Orosco-BOL;
Assistentes: Efraín Castro-BOL e Javier Bustillos-BOL;

>>> Brasil: Julio César; Daniel Alves (Maicon), David Luiz (Henrique), Dante e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo, Ramires (Hernanes) e Oscar (Willian); Hulk, Neymar e Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari;

>>> Pana: McFarlane (Calderón); Machado, Román Torres (Cummings), Baloy e Carroll (Carlos Rodríguez); Henríquez, Gavilán Gómez, Cooper (Jairo Jiménez), Quintero (Gabriel Torres)  e Luis Tejada (Roberto Nurse); Muñoz. Técnico: Hernan Darío Gomez;

Público: 30.663 pagantes/ 31.871 presentes;
Renda: R$ 2.548.030,30;

Cartões amarelos: BRA (David Luiz, Neymar) – PAN (Luis Tejada, Cooper, Gavilán Gómez);

Gols: Neymar (1×0 – 26′ 1ºT), Daniel Alves (2×0 – 39′ 1ºT), Hulk (3×0 – 46″ 2ºT), Willian (4×0 – 27′ 2ºT).