Ainda sem vencer no Carioca B1, Julio Marinho acredita em seus jogadores: ‘Equipe tem capacidade técnica’

DSC_0096-2

Por Thierry Silva (Foto: Thierry Silva/Agência TFFA)

No último sábado (02), o Duque de Caxias recebeu o Friburguense e acabou sofrendo sua segunda derrota no Carioca Série B1, amargando a lanterna do grupo B com apenas um ponto. Mesmo jogando em casa, no estádio Marrentão, o Tricolor da Baixada foi bem prejudicado pela má qualidade do gramado, sofrendo o gol em um cruzamento na área.

– Foi uma partida muito equilibrada, um jogo muito disputado, onde não tiveram muitas jogadas, pois o campo não oferece essa situação. Eles tiveram uma chance, demos um cochilo e deixamos o Lohan sozinho na área, que acabou dando a vitória para o time deles – comentou Julio Marinho.

O Duque de Caxias tem duas derrotas, Serrano e Friburguense em casa, e um empate, Tigres fora de casa. Na partida contra o Frizão, já perdendo por 1 a 0, o técnico tirou um meio de campo, Sassá, para a entrada de um zagueiro, Paulão, e assim fez a mudança de formação tática da equipe para o 3-5-2 para tentar o empate.

– Coloquei três zagueiros no segundo tempo para adiantar os laterais e assim ter cruzamento na área deles, mas acabou não funcionando.

Precisando da vitória para sair da lanterna da competição, o Tricolor da Baixada vai até Itaboraí, no estádio Alzirão, enfrentar o São Gonçalo EC, no próximo sábado (09), às 15h. Com o campo muito diferente do Marrentão, Julio Marinho acredita em uma partida melhor tecnicamente da sua equipe.

– É um gramado que temos plena confiança que o time vai jogar bem, assim como jogou contra o Tigres no Los Larios, porque a equipe tem capacidade técnica – finalizou o técnico.