Alfredo Sampaio fala de mudanças na equipe e vitória fora de casa

B1

Por Super Gol (Foto: João Carlos Gomes/Bangu)

O Bangu reencontrou o caminho das vitórias ao superar o Boavista neste sábado, 10, em Saquarema. Com gols de Marcos Junior e Peralta, o Alvirrubro chegou aos 13 pontos no Campeonato Carioca e vai para última rodada com chances de se classificar ao Campeonato Brasileiro da Série D de 2019. No time que triunfou no Eucyr Resende, Alfredo Sampaio fez algumas mudanças que acabaram surtindo efeito. Ele comentou sobre:

– Foi uma equipe mais leve, que se mexe mais. O Jairinho entrou bem pela esquerda. Ele é um jogador de finta, algo importante porque que pode quebrar as linhas de marcação. O Peralta também contribuiu bastante, sendo até premiado com um gol. A ideia é manter a mesma equipe – diz.

Tendo o Madureira pela frente na rodada final da Taça Rio, o Bangu precisa vencer e torcer por tropeços do Boavista e Cabofriense. Alfredo Sampaio voltou a destacar a importância do triunfo na Região dos Lagos, além de chamar a responsabilidade para a sua equipe no jogo derradeiro:

– O mais importante foi poder retornar às vitórias, o que vai nos dá mais motivação e fôlego para enfrentar o Madureira. O Boavista, nosso adversário direito, tem um jogo difícil contra o Volta Redonda, que também vem brigando para não disputar a fase preliminar em 2019, assim como a Cabofriense, que pega o Fluminense. Temos que buscar fazer o dever de casa e ganhar do Madureira porque a última rodada irá definir tudo – finaliza o treinador.

Bangu e Madureira duelam no próximo domingo, 18, às 16h, no Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, na Zona Oeste.