Amargo! Bonsucesso e America empatam e são rebaixados para Série B1

DSC_2916

Por Emerson Pereira

Em dezembro, Bonsucesso e America entravam em campo pela abertura da primeira fase do Campeonato Carioca sonhando em chegar às Taças Guanabara e Rio. Porém, a não classificação os colocou no Grupo X. Restava apenas brigar pela permanência na Série A do Campeonato Carioca. Só restava. Em Moça Bonita, na tarde deste domingo, as equipes empataram por 1 a 1 e foram rebaixadas à Série B1. Tanto o time de Teixeira de Castro quanto o de Campos Sales somaram sete pontos, ficando atrás de Goytacaz e Resende, mantidos da elite.

O jogo

Como somente a vitória poderia evitar a queda nesta tarde – ao menos direta – , a partida não admitia erros para nenhum lado. Com o mando de campo, o Bonsucesso iniciou mais ofensivo e levando perigo ao America. Logo aos cinco minutos, Miguel invadiu a área e bateu para vencer Luis Guilherme: 1 a 0.

Após o gol sofrido, o America buscava ganhar campo. Porém, a equipe falhava nos passes e praticamente não assustava o Bonsuça, que mostrava-se tranquilo em campo. Tranquilidade esta que acabou aos 32 minutos. Anderson Kunzel fez jogada individual, foi avançando e chutou. Traiçoeira, a bola desviou em Leandrão e foi morrer de mansinho no canto direito de Fabrício. Tudo igual: 1 a 1.

DSC_2897

Diferentemente do primeiro tempo, o America voltou do intervalo melhor. A equipe da Tijuca tinha o controle do meio-campo e da posse de bola, com Tiago Correa e Léo Franco armando as jogadas com maior tranquilidade. Contudo, foi num escanteio que a primeira boa oportunidade foi criada. Aos 10, Allan colocou na área, Fabrício fez o corte parcial e Bala pegou a sobra, mandando à esquerda.

Enquanto America buscava jogadas trabalhadas, o Bonsucesso tinha sua arma nas de velocidade. Numa dessas, aos 14, Matheus Pimenta disparou pela direita, penetrou na área e bateu por cima, próximo ao poste superior dos tijucanos. Aos 20, os visitantes voltaram a levar perigo, desta vez em chute Davi, defendido em dois momentos por Fabrício.

O tempo tornava-se o maior adversários das equipes, que já sabiam da vitória do Goytacaz sobre o Resende. Agora, quem fizesse o gol na Zona Oeste ganharia uma sobrevida com o playoff para decidir o último rebaixado. E quem ficou mais perto de respirar foi o Bonsucesso, aos 36. Mauro Silva recebeu passe de Matheus Pimenta e finalizou. Parecia que o nó na garganta seria solto… Parecia. O goleiro Luis Guilherme apareceu para fazer bela defesa, mantendo o 1 a 1 no placar. O resultado acabou ingrato com ambos os times, que voltam à Segunda Divisão do Rio de Janeiro.

Agora, Bonsucesso e America terão pouco mais de dois meses para juntarem os cacos. As equipes terão a oportunidade de voltar à elite a partir de maio com a disputa da Série B1.