Americano atropela Tigres do Brasil em Los Lários

Por Super Gol

Jogando em Xerém, na Baixada Fluminense, na reedição da final da Taça Santos Dumont, pela 2ª rodada da Taça Corcovado do Campeonato Estadual da Série B1, o Americano não tomou conhecimento e venceu o Tigres do Brasil pelo expressivo placar de 4 a 1. O resultado ajudou o Americano a se consolidar na liderança da grupo A da Taça Corcovado com seis pontos, enquanto o Tigres do Brasil divide a lanterna do grupo B com o Carapebus. Ambos ainda não somaram pontos no 2º turno.

O Jogo

No primeiro tempo, o jogo se desenvolveu de forma muito equilibrada, com os goleiros não sendo muito acionados, dada a solidez defensiva das duas equipes. Nesse panorama, um gol só poderia ocorrer em um lance de pênalti. Assim, aos 34 minutos, o zagueiro Anderson do Tigres do Brasil derrubou Maykon Akino dentro da grande área. Pênalti marcado. Marcus Vinícius, camisa 10, cobrou no canto direito de Léo Flores que quase a defendeu. Americano 1 a 0. Ainda na etapa inicial, aos 42, Léo Flores impediu o segundo gol campista. Cláudio Maradona ficou frente a frente com o goleiro da Fera da Baixada e chutou tentando o ângulo esquerdo, mas Léo Flores impediu espalmando sobre o gol.

No segundo tempo, o Americano voltou decidido a confirmar uma vitória visitante no embate. Logo aos 5 minutos, após pressão campista, Bruninho cruzou da linha de fundo, Maykon Akino não dominou a bola, mas Valdir, de frente pro gol, chutou rasteiro de primeira para fazer Americano 2 a 0. Aos 12, veio o terceiro gol do time alvinegro. Maykon Akino arrancou puxando contra-ataque rápido e saindo de frente pro gol. Na saída do goleiro Léo Flores, tocou sutilmente por cobertura, fazendo Americano 3 a 0.

Aos 16 minutos, o Tigres começava a se animar com a partida, quanto Jonathan Romário acertou o travessão em cobrança de falta. Mas ainda na mesma contagem, após escanteio batido da esquerda, Anderson cabeceou na primeira trave e Jonathan desviou de cabeça para o gol. Tigres do Brasil descontava para 3 a 1. Após o gol de honra o Tigres do Brasil se lançou com tudo ao ataque e quase chegou ao segundo gol, aos 22 minutos, em um belo chute de bicicleta de Daniel Marins que Luis Henrique se esticou para espalmar a bola e salvar o Americano. Aos 29, Jonathan Romário acertou um belo chute de longe que passou triscando o ângulo esquerdo da meta campista. No entanto, a reação do Tigres do Brasil foi frustrada aos 35. Paulo Vítor recebeu dentro da grande área, cortou um defensor adversário e chutou forte no canto direito do goleiro Léo Flores. Americano 4 a 1  e números finais ao jogo em Xerém.

Próximos Jogos

No sábado, 21, as duas equipes voltam a campo pela terceira rodada do 2º turno da Série B1. Às 15 horas, no estádio Angelo de Carvalho, em Campos dos Goytacazes, o Americano recebe o Audax Rio, enquanto o Tigres do Brasil visita o Sampaio Corrêa, em Saquarema, no estádio Lourival Gomes de Almeida.