Americano x Olaria é suspenso por suspeita de manipulação de resultados

Por Super Gol

A segunda partida da semifinal da Taça Corcovado entre Americano e Olaria, foi suspensa pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). O segundo confronto entre as equipes que estava marcado para este sábado, 18, em Cardoso Moreira, segue sem data para ocorrer por conta de denúncias feitas pelo presidente da Associação Desportiva Itaboraí, Junior Cardozo. Segundo reportagem da ESPN, Junior Cardozo afirmou ter posse de um áudio que comprova Luciano Viana declarando combinar resultados de uma partida para prejudicar a equipe da Região Metropolitana.

Após reunião entre Junior Cardozo e representantes da Ferj, a entidade publicou um documento prometendo apurar o caso para que sejam feitos os devidos esclarecimentos.  Na resolução, assinada por Marcelo Vianna, Diretor do Departamento de Competições da entidade, foi reforçado que será apurada existência de infração disciplinar desportiva e a polícia será acionada para que se averigue a existência de ilícito penal.

Ao SUPER GOL, Junior Cardozo afirmou estar confiante que providências serão tomadas, mas afirma não ter certeza se realmente é o mandatário do Americano que fala no áudio que tem em torno de três minutos.

– Não sei quem é que fala no áudio, se é realmente o Luciano (Viana) ou não. O áudio chegou a mim, parei para ouvir e fiquei triste, porque queremos melhorar o futebol e vemos pessoas querendo manipular resultados. O presidente da Ferj (Rubens Lopes) se mostrou  solícito em ajudar e agora esperamos punição. Cabe agora a perícia identificar quem é a pessoa que fala no áudio – declarou Cardozo.

Procurado pelo SUPERGOL, Luciano Viana não quis comentar sobre o assunto, mas afirmou que irá convocar uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta no clube. Confira abaixo o áudio que Junior Cardozo utilizou para formalizar denúncia na Ferj.