Após resultado contra o Resende, Diego Guerra lamenta: ‘O empate foi mais para eles do que para a gente’

Por João Pedro Marques (Fotos: Marcos Faria)

A Taça Rio já começou com os ânimos à flor da pele. Na partida entre Madureira e Resende, que terminou empatada, em 1 a 1, houve expulsão de um jogador de cada equipe e o atacante Souza, sendo protagonista do espetáculo, em Conselheiro Galvão. Por isso, para o zagueiro Diego Guerra, o empate precisa ser lamentado, pois ficou com gosto de derrota.

– O empate foi mais para eles do que para a gente. Tomamos um gol que não esperávamos e no segundo tempo tivemos chance de matar o jogo, mas infelizmente não conseguimos o resultado dentro de casa. – lamentou.

A expulsão do seu parceiro de zaga, Jorge Felipe, poderia ter mudado o rumo da partida. Entretanto, o xerife considera que o substituto Leandro Carvalho fez uma boa partida.

– No calor do jogo, um empurra o outro, o outro empurra um, acontece. O Leandro Carvalho soube fazer bem o que o Jorge Felipe estava fazendo ali – explicou.

Diego Guerra contra o Resende
Com a expulsão de Jorge Felipe, Diego Guerra precisou atuar ao lado do volante Leandro Carvalho

O tricolor suburbano controlou o jogo no segundo tempo, merecendo até a virada, pois o Gigante do Vale, se retrancou e tentava encaixar contra-ataques para decidir em uma bola. Porém a entrada de Geovane Maranhão deu um gás a mais ao Madureira, que teve a chance de sair com o resultado positivo, mas o camisa 9, Souza Caveirão, isolou a penalidade. Os jogadores lamentaram bastante a perda dos 3 pontos, no entanto, para Diego, agora é hora de levantar a cabeça e ir em busca da vitória na próxima partida.

– Agora é buscar o resultado de qualquer jeito, ou melhor, não de qualquer jeito, mas buscar fora de casa, o resultado que a gente perdeu hoje – disse.

O Madureira enfrentará o Volta Redonda, domingo (19), às 19:00, no estádio Raulino de Oliveira.