Após vitória contra o Bangu, PC Gusmão se despede: “Agradeço ao Madureira por tudo, mas agora é vida que segue”

Por João Pedro (Foto: Luis Miguel Ferreira / Super Gol)

O treinador do Madureira se despediu em grande estilo no Carioca. Mesmo sem chances de chegar às semifinais da Taça Rio, sua equipe fez uma bela partida contra o Bangu e venceu por 3 a 1, no estádio Conselheiro Galvão, em Madureira.

– Um bom jogo, o time lutou. Enfrentou um adversário que veio com muita raça e disposição, por isso fomos premiados com a vitória – feliz com a última partida.

Comparado a campanha do primeiro turno, o Madureira deixou a desejar. Os erros individuais no segundo turno, puniram a equipe treinada comandada pelo técnico de 54 anos.

– Ficou aquele sentimento que o time poderia ter ido mais além, mas a gente sabe que existem outras circunstâncias dentro do futebol. O grupo é maravilhoso – orgulhoso da sua equipe.

O técnico deixa a equipe classificada para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. Então, declara que o ano foi muito bom, com novos jogadores lançados e departamentos criados dentro do clube. Também se despede do elenco com sensação de “dever cumprido”. No comando do Madureira foram 12 jogos, com 4 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

– Eu agradeço muito a oportunidade de ter participado de um clube com muita tradição, com grandes atletas e uma direção que me apoiou o tempo todo – deixou sua gratidão.

PC Gusmão ainda afirmou que não recebeu propostas e deve aproveitar os próximos meses descansando com a família;