Audax goleia o Ceres e mantém boa fase no returno

Por Emerson Pereira (Fotos: Emerson Pereira/Super Gol)

O Audax segue invicto na Taça Corcovado. Na manhã desta quarta-feira, 18, a Laranja Meritiense goleou o Ceres por 4 a 0 dentro de Moça Bonita, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. Com isso, os comandados de Luciano Quadros chegaram aos sete pontos, assumindo a liderança do Grupo A de forma momentâneo. Já o Alviceleste amarga a lanterna da chave de da Segunda Divisão.

Com a chuva caindo sobre Moça Bonita, o Ceres começou a partida pressionando o Audax.  A sua primeira oportunidade surgiu aos 4 minutos, quando Eudes cobrou falta rente o travessão. Depois, foi um verdadeiro bombardeio de bolas na área, porém os atacantes da Rua da Chita não completaram para a rede meritiense.

Passado o bom momento do Ceres, o jogo caiu de produção e ficou preso no meio-campo. Em sua chegada mais contundente, o Audax abriu o placar. Em contra-ataque, aos 39, Borebi avançou pela esquerda e finalizou para vencer o goleiro Felipe. No minuto seguinte, Denilson fez jogada individual, driblou o arqueiro e completou: 2 a 0, placar do primeiro tempo.

DSC_0044

Com o resultado cômodo, o Audax voltou do vestiário cadenciando o jogo. E conseguiu mais gols. Aos 24, Rodrigues carregou pela esquerda e cruzou na medida para Borebi deixar, mais uma vez, a sua marca. E o camisa 9 da Laranja Meritiense estava numa manhã inspirada. Ele fez boa jogada e cruzou rasteiro para Gerson fechar a contagem: 4 a 0, aos 38 minutos.

Pela quinta rodada, o Ceres recebe o Goytacaz no sábado, 21, às 15h, na Rua Bariri. Por sua vez, no dia seguinte, o Audax vai ao Nivaldão, em Nova Iguaçu, encarar o Queimados.

Ficha técnica:

 Audax 4 x 0           Ceres
Estádio Moça Bonita, Rio de Janeiro-RJ Estádio
Público 260 pagantes / 72 presentes Público
Árbitro José Waldson de Matos Modesto Árbitro
Assistentes Rodrigo de Souza Rodrigues e Renato Serôa da Motta Assistentes
Cleiton; Savio, Vagner, Giba e Valmir (Gerson); Alex (Rodrigues), Ortega, Rodrigo Yuri e Denilton (Wallan); Castro e Borebi. Técnico: Luciano Quadros.

Escalações

Felipe; Adeildo, Felipe Reis, Davi e Angelo; Daniel (Yago), Romulo e Eudes; Kleiton, Victor França (Wallace) e Léo Andrade (Leonardo). Técnico: Leandro Ferreira.
Borebi (duas vezes), Denilson e Gerson Gols
Alex e Rodrigues Cartões amarelos Davi, Cleiton e Victor França