Barra da Tijuca só empata com o São Cristóvão e fica de fora das semifinais

Por Emerson Pereira (Fotos: Emerson Pereira/Super Gol)

Bastava o Barra da Tijuca vencer para se garantir nas semifinais da Taça Santos Dumont, o primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca. Pela frente, a equipe tinha o lanterna da competição e que ainda não havia pontuado: o São Cristóvão. Sinônimo de jogo fácil? Jamais. O Tricolor apenas empatou por 1 a 1 na tarde deste sábado, 1º de julho, na Rua Bariri, e deu adeus ao primeiro turno com 17 pontos somados. Ah… O São Cri Cri somou o primeiro ponto e é o vice-lanterna geral.

O jogo

O São Cristóvão mostrou que queria espantar a má fase e realizou um bom primeiro tempo. Com três minutos de bola rolando, Julio arriscou da intermediaria e obrigou o goleiro Jhonatan ir no ângulo esquerdo para fazer grande defesa. Logo na sequência, Paulo recebeu na área e finalizou para outra intervenção do arqueiro tricolor.

O Barra da Tijuca levou perigo aos sete minutos, quando Ian avançou pela esquerda, foi ao fundo e cruzou. A bola passou por Igor Catatau, Gian entrou por trás da marcação e cabeceou, mas parou em Jonathan. Contudo, após o tempo técnico, aos 22, o São Cristóvão seguiu superior e abriu a contagem. Na ocasião, Anderson bateu, a pelota tocou no pé da trave e Sodré apareceu livre para tocar para o gol: 1 a 0.

Enquanto o Tricolor da Zona Oeste não se encontrava em campo, os Cadetes seguiam levando perigo. Aos 32, a defesa saiu jogando errado, Sodré recuperou, entrou na área e concluiu para outra boa defesa de Jhonatan. Na resposta do Barra, Ian bateu de fora da área e mandou por cima.

ARTILHEIRO. Aniversariante do dia, Catatau marcou um gol, mas não evitou eliminação (Foto: Emerson Pereira/Super Gol)
ARTILHEIRO. Aniversariante do dia, Catatau marcou um gol, mas não evitou eliminação (Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

Se o primeiro tempo foi dominado pelo São Cristóvão, o segundo foi totalmente do Barra da Tijuca. Como o Duque de Caxias ia vencendo o Artsul na Baixada Fluminense, somente a virada interessava ao Tricolor. Marcando adiantado, o time do técnico Lira não dava espaços para os Cadetes. O gol de empate saiu aos 12 minutos, quando Igor Catatau desarmou o zagueiro e bateu no canto esquerdo: 1 a 1.

Com o gol, Catatau assumiu a artilharia da Série B1 ao empatar com Márcio Carioca, do São Gonçalo… E por pouco não ficou isolado no ranking. Aos 17, o camisa 9 aproveitou falta cobrada por Lucas Poli dentro da área, foi por trás da marcação e mandou rente a trave direita, quase virando. Nove minutos mais tarde, Poli fez fila, invadiu a área e saiu de frente para o gol, porém, não contava com a crucial defesa de Jonathan.

O tempo corria e o nervosismo aumentava pelo lado do Barra da Tijuca. Pressionando, o Tricolor teve o lance capital aos 39 minutos. Lucas Poli enfiou bola para Igor Catatau, que ficou cara a cara com Jonathan. Contudo, na finalização, ele mandou por cima. Depois, foi um show de bolas na área que não tiveram sucesso. Resultado final: 1 a 1, culminando na eliminação da equipe da Zona Oeste.

Próximos jogos

Eliminados do primeiro turno, ambos os times voltam as atenções para a Taça Corcovado. O São Cristóvão estreia no returno contra o Serra Macaense, no Moacyrzão, enquanto o Barra da Tijuca faz frente ao Barcelona na Rua Bariri. Os jogos ocorrem nos dias 15 e 16, respectivamente, às 15h.