Belford Roxo e Duquecaxiense empatam na partida de ida do playoff

Por Emerson Pereira e Carlos Henrique

Tudo igual na primeira partida decisiva do playoff do acesso no Campeonato Carioca da Terceira Divisão. Na tarde deste domingo, 16, Duquecaxiense e Belford Roxo mediram forças no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, e ficaram no empate em 1 a 1. Os gols saíram no segundo tempo, com Chamel abrindo a contagem para o time da Cidade do Amor e, já no fim, Marcão tratou de igualar para os caxienses.

O “jogo da vida” ocorrerá no próximo domingo, dia 23, às 15h, no Estádio Mourão Filho, popular Rua Bariri, no bairro de Olaria, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Por conta da segunda colocação em sua chave, o Belford Roxo precisa apenas de um empate para ascender à Segunda Divisão.

(Foto: Emerson Pereira/Super Gol)
(Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

Primeiro tempo fica zerado

A partida começou com o Duquecaxiense marcando adiantado e assustando o Belford Roxo logo aos três minutos, quando Marcão recebeu pela direita e chutou próximo ao travessão. Logo depois, Vinicius ganhou na velocidade, viu o goleiro Renan adiantado e mandou por cobertura, mas a finalização saiu forte de mais.

Porém, a partida foi caindo tecnicamente e o Belford Roxo passou a equilibrar as ações do jogo. Aos 15, Sales fez boa jogada pela direita, cortou o marcador e bateu para a boa defesa de Guilherme. Cinco minutos depois, Michel cobrou falta na área, ninguém desviou e a conclusão saiu tirando tinta da trave direita.

(Foto: Emerson Pereira/Super Gol)
(Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

Um gol para cada lado

Na volta do intervalo, o Belford Roxo foi ganhando espaço e dominando a posse de bola. Na marca dos 10 minutos, David cobrou falta certeira no canto direito de Guilherme, que foi lá e salvou a pátria do Aurianil de Duque de Caxias. No lance seguinte, aos 23, Sales avançou pela direita e deu belo passe para Chamel, que completou para a rede e saiu para o abraço: 1 a 0.

A blitz belford-roxense seguiu e sempre com jogadas saindo dos pés de David. Aos 27, o camisa 10 arrematou de canhota de fora da área e obrigou Guilherme novamente executar boa intervenção. Minutos depois, ele cobrou falta de longa distância, Guilherme rebateu na frente de Chamel, mas o arqueiro conseguiu se recuperar.

Pressionando, o Belford Roxo ficou com o grito de gol “entalado” na garganta na venenosa conclusão de Iago, aos 40. Como o dito popular sempre diz: “quem não faz, leva”. Não deu outra, o Duquecaxiense tratou de igualar o marcador aos 43 minutos. Marcão recebeu a bola em cobrança de lateral e bateu com muita categoria para encobrir Renan e marcar um golaço para dá números finais na Ilha: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

Duquecaxiense
1
1
Belford Roxo
Estádio: Luso Brasileiro, Rio de Janeiro-RJ Data: Domingo, 16/08/2015 Horário: 15:00
Árbitro: Daniel Victor Costa Silva
Assistentes: José Batista de Arruda e Ricardo Saldanha Batemarqui
Guilherme; Léo (Denilson), Marins, Felipe Reis e Makinho; Isaías, Igor (Rodrigo), Diego e Michel; Vinicius (Lucas Felipe) e Marcão. Técnico: Floraci Pereira.
Renan; Iago, Wagner, Gil e Anderson; Belão, Wilker, Sales (Wellington) e David; Bruninho e Chamel (Palagar). Técnico: Silvio Marques.
Felipe Reis
Não houve
Não houve
Chamel (0x1 - 23' 2ºT) e Marcão (1x1 - 43' 2ºT)
R$ 730, 00 (122 pagantes/122 presentes)