Belford Roxo vira pra cima do Duquecaxiense e consegue acesso à Série B

Por Diego Zurita

PARTIU. Belford Roxo derrota o Duquecaxiense e consegue inédito acesso (Foto: Diego Zurita/Super Gol)
PARTIU. Belford Roxo derrota o Duquecaxiense e consegue inédito acesso (Foto: Diego Zurita/Super Gol)

Na tarde deste domingo (23), Belford Roxo e Duquecaxiense se enfrentaram na Rua Bariri pela segunda partida do playoff de acesso. Como o primeiro jogo havia terminado com empate, o Tricolor do Amor poderia empatar para conquistar o acesso. Hoje, o jogo foi muito disputado e apesar do Aurianil sair na frente por duas vezes, o Belford Roxo acabou vencendo por 3 tentos a 2 e garantindo o acesso inédito.

Marcão marca duas vezes e deixa o Duquecaxiense na frente

O jogo começou bastante disputado. Precisando vencer, o Duquecaxiense partia com tudo para o ataque enquando o Belford Roxo cadenciava o ritmo da partida e explorava jogadas de contra-ataque. Logo aos 14 minutos, numa bela jogada ensaiada, o Aurianil abriu o placar. Diego cruzou para a área e Marcão completou de cabeça para fazer 1 a 0 para os visitantes. A resposta do Tricolor Belford-Roxense veio aos 26, numa bobeira da zaga do time de Duque de Caxias. Bruninho lançou Chamel, a zaga cochilou e o goleiro se adiantou. O atacante arriscou de cobertura e Marins completou contra: 1 a 1.

O jogo era muito bom e, melhor em campo, o Duquecaxiense não demorou a ficar em vantagem de novo. Michel avançou e lançou a bola na medida para Marcão fazer seu segundo gol, novamente de cabeça. Com um bom volume de jogo, O Aurianil quase marcou o terceiro no final da primeira etapa com chute de Michel que passou a direita da meta de Renan.

Belford Roxo volta melhor e vira o jogo

Durante o intervalo, o técnico Sílvio Marques organizou sua equipe e adiantou o time para buscar o ataque. Aos 18 minutos, veio o gol que deixou o Bel novamente com o acesso. Baixo fez grande jogada e lançou Sales que, com categoria, tocou na saída de Guilherme para empatar novamente a partida.

Melhor em campo na segunda etapa, o Belford Roxo dominava e estava muito mais próximo da virada do que de sofrer o terceiro gol. Sales quase fez seu segundo gol num lance parecido com o anterior. Mas, cara a cara com o goleiro, acabou chutando mal e isolando a bola. Em seguida, Sílvio Marques lançou Palagar que entrou bem na partida. Aos 36, ele recebeu lançamento de David e finalizou para o fundo do gol, virando o jogo para o Tricolor.

O Duquecaxiense até tentou esboaçar uma reação no final, mas não foi suficiente para levar perigo a meta de Renan. No final, festa e comemoração para o Belford Roxo que conquistou o acesso inédito para a segunda divisão do futebol do Estado do Rio de Janeiro.