Campos é superado pelo Maricá, mas conquista acesso pelo placar agregado

Por Vitor Melo (Foto: Vitor Melo/Super Gol)

O Campos está de volta à Série B1! Na tarde deste sábado, 01, o Roxinho confirmou sua vaga ao segundo escalão do futebol fluminense, mesmo sendo derrotado pelo placar mínimo para o Maricá, no Estádio Alziro de Almeida. Mas como havia vencido o confronto de ida por 2 a 0, o Leão do Parque Leopoldina fez valer o regulamento e pôde conquistar seu segundo acesso consecutivo no mesmo semestre. Agora, os campistas irão enfrentar o Nova Cidade, em confronto marcado para a próxima quarta-feira, 05, às 16h.

O jogo

Sabendo da necessidade de vencer por dois gols de diferença, para que fosse conquistado o tão sonhado acesso, os mandantes iniciaram a partida propondo o jogo. Aos quatro minutos, Joel recebeu da intermediária e arriscou o chute, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Em contragolpe, o Roxinho mostrou seu poder de reação. Dioguinho avançou pela ponta esquerda e acionou Gean, que finalizou em cima do arqueiro.

Mesmo jogando fora de casa, o time do técnico Branco não abdicou de sua força ofensiva e continuou assustando o adversário. Através deste panorama, os visitantes tiveram sua melhor chance aos 15 minutos: Gean recebeu passe em profundidade e tabelou com Kenny. Mas na hora de finalizar, o camisa 7 não caprichou e a bola acabou saindo por cima da meta. Mantendo o ímpeto, o time de Campos dos Goytacazes voltou a tirar suspiros dos maricaenses aos 27, quando Tom cruzou certeiro para Ralph, que testou com perigo. Perto do fim, o Campos teve o resultado ameaçado, através da expulsão do próprio camisa 6.

WhatsApp Image 2018-12-01 at 21.40.59

Com um jogador a mais, o Maricá voltou para a etapa final disposto a mudar os rumos e o placar do embate. Assim, a equipe mandante criou suas duas melhores oportunidades em sequência. Primeiro aos seis minutos, com finalização de fora da área por Maycon, que passou tirando tinta da trave de Gláucio. Um minuto depois, foi a vez de Badola. O camisa 11 avançou pela ponta direita, cortou para o meio e soltou uma bomba, obrigando o arqueiro da equipe do Sul Fluminense se esticar todo e mandar para escanteio.

Apostando nos contra-ataques, o Roxinho esteve perto de abrir o placar aos 12, após jogada individual de DG, que terminou na defesa a queima roupa de Julio, em finalização de Dioguinho. Novamente no comando do ataque, DG foi acionado aos 15. Desta vez, o atacante deixou Jhonathan frente a frente com o goleiro, que tirou muito e acabou atingindo a rede pelo lado de fora.

Pressionado pelo resultado ineficaz, a equipe do técnico Sorato passou a alçar inúmeras bolas na área, tanto que deu resultado aos 37. Marcos cobrou falta rente à marca de córner e Joel aproveitou a sobra para estufar a rede: 1 a 0. Correndo contra o relógio, o Maricá continuou com a mesma postura. Contudo, o setor defensivo da equipe de Branco mostrou disposição e neutralizou as ações. Sem mais chances de devolver o resultado, só restou aos campistas comemorarem o suado acesso.

Campos e Nova Cidade irão medir forças na próxima quarta-feira, 05, às 16h, em Los Larios, pela grande final da Série B2.