De volta ao Friburguense, Vitinho define a Série B1: ‘Desafio’

Vitinho

Por Super Gol (Foto: Luis Miguel Ferreira)

Uma das equipes mais tradicionais do Rio de Janeiro, o Friburguense vai para sua segunda temporada seguida na Série B1 do Campeonato Carioca. E quer que seja a última. Buscando retornar à elite, o Tricolor da Serra manteve a espinha dorsal de anos. Aliás, agora com o retorno de um velho conhecido: o volante Vitinho. Emprestado pelo Resende até setembro, ele falou da nova empreitada em Nova Friburgo:

– É um dos maiores desafios da minha carreira. Tive uma situação mais cômoda quando disputei por três anos seguidos a Série A e volto para ajudar a reerguer o clube. É um ano importante porque a cidade de Nova Friburgo completa 200 anos e temos esse desafio enorme, que é recolocar o clube na Primeira Divisão – diz o volante, que continua:

– Acho que temos tudo para fazer uma grande campanha. O clube sempre teve uma base bem montada e a diretoria acertou em cheio nas contratações. Todos os atletas estão no mesmo propósito. A equipe entra muito forte para conquistar o tão sonhado acesso – garante.

Com uma base bastante conhecida dos torcedores, o Friburguense tem uma grande baixa: a aposentadoria do zagueiro Cadão. Mas isso é mero detalhe porque agora ele é o técnico.  Assim como boa parte do elenco do Frizão, Vitinho foi companheiro de equipe dele e rasgou elogios na nova função:

– Desde que cheguei no Friburguense, o Cadão sempre foi um líder dentro de campo. Ele vem conduzindo muito bem a equipe nos jogos preparatórios e nos treinamentos. Parece até que é treinador há muito tempo. Tenho certeza que ele tem tudo para ter glórias na carreira. Jogamos juntos, ele já me conhece e sabe onde me utilizar da melhor maneira possível. Espero que essa parceria dê certo – encerra Vitinho.

O Friburguense estreia na Série B1 no próximo sábado, 19, às 15h, em Moça Bonita. A equipe terá pela frente o Audax, terceiro colocado na última edição.