Duque de Caxias é superado pela Caldense e fica em situação delicada

Por Luan Soares

Duque de Caxias e Caldense se enfrentaram nesta quarta-feira, 02, pela Copa do Brasil em Poços de Caldas, Mina Gerais. O Time da Baixada Fluminense fazia sua estreia na Copa do Brasil. Já os mineiros faziam sua 6° participação diante de um estádio Ronaldão lotado.

Sem muitas opções após a saída de 11 jogadores e sem Rodrigues, que está machucado, Mario Júnior mandou uma equipe no 4-5-1 e diferente da que jogou o Carioca, onde foi rebaixado. Aproveitando a falta de qualidade do Duque de Caxias, a Caldense mandou na partida desde o começo do jogo.

Os mandantes tiveram grandes chances com Pikachu e Michel Cruzy, mas só não marcaram o primeiro gol pois pararam em Andrade, que novamente voltava a ser o “salvador da pátria”. Porém, aos 29, os mineiros chegaram ao seu gol: Andrezinho cruzou na área para Luiz Eduardo, sozinho, completar de cabeça. 1×0 AAC.

Sem conseguir ameaçar o goleiro Gilberto, o Tricolor da Baixada pôde se dizer que até saiu satisfeito após sair perdendo do primeiro tempo por apenas um gol de diferença.

Nos primeiros minutos do segundo tempo, o Duque de Caxias tentou apertar a Caldense e jogava com mais um atacante após Nathan substituir Dudu. O Tricolor teve até boa chance com André Gomes, mas logo os mineiros, empurrados pela sua torcida, apertaram no ataque e voltaram a mandar no jogo.

O Verdão só não aplicava uma goleada porque Andrade, como no primeiro tempo, salvava a equipe caxiense. Só que, aos 39, nada pôde fazer, após Gleisson derrubar Michel dentro da área. Pênalti. Luiz Eduardo foi para cobrança e fez 2 a 0 Caldense.

Nos últimos muitos, o time do Rio de Janeiro tentou diminuir a vantagem e teve dois escanteios com André Gomes, mas a equipe da casa segurou a vantagem e fez um grande resultado.

Agora para se classificar para próxima fase, o Duque de Caxias terá que vencer por três gols de diferença. O jogo de volta está marcado para o dia 16, às 20h30, no estádio Marrentão, em Xerém, Duque de Caxias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *