Duque de Caxias se impõe, derrota o Barra da Tijuca e se reabilita na Taça Corcovado

Por Emerson Pereira (Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

O Duque de Caxias mostrou autoridade na manhã deste sábado, 18, no Estádio Joaquim de Almeida Flores, em Nilópolis. Pela oitava rodada da Taça Corcovado, o returno da Série B1 do Campeonato Carioca, o Tricolor da Baixada se reabilitou da derrota do meio de semana, venceu o Barra da Tijuca por 3 a 0 e encostou no G2 do Grupo B, chegando aos 14 pontos e ocupando a terceira colocação. Por outro lado, o Tricolor da Zona Oeste conheceu a sua primeira derrota no segundo turno, seguindo em quinto dentro da chave oposta com 11 somados. O atacante Nathan foi o grande destaque do confronto marcando dois dos três tentos.

O jogo

Apesar de jogar fora de casa, o Barra da Tijuca iniciou a partida melhor. A equipe do técnico Lira tinha mais posse, enquanto o Duque de Caxias apostava nas bolas longas. A primeira oportunidade surgiu aos 21 minutos, justamente pelo Tricolor da Zona Oeste. No lance, Michel tocou para Erick, que bateu cruzado e Jaime deu rebote. Quando Daniel chegava para concluir, a defesa caxiense se antecipou e afastou.

A partir daí, com o transcorrer do jogo, a qualidade técnica caiu. O Duque de Caxias chegou à meta adversária somente aos 44, em cabeceio de Sassá. Ele recebeu cruzamento de Flavinho, subiu com liberdade e testou para a defesa de Yan, assegurando o placar inalterado no primeiro tempo.

DSC_0914

A virada do intervalo fez com que o Duque de Caxias tivesse maior tranquilidade para jogar. Apesar disso, o Barra da Tijuca chegou primeiro, aos 13, numa boa jogada iniciada por Erick. O camisa 8 enfiou bola para Ferrugem, que ganhou dividida e cruzou para área. A bola bateu no atacante Bruno Luiz e sobrou para Thiaguinho finalizar. Porém, Vagner Eugênio apareceu na hora certa e abafou o chute.

Aos poucos se soltando, o Tricolor da Baixada levou perigo aos adversários aos 18 minutos. Nathan fez jogada individual, arrastou e tocou para Esquerdinha arrematar, com Yan colocando para escanteio. Depois disso, o camisa 9 começou a ganhar protagonismo na partida.

Aos 32, ele recebeu na meia-lua da grande área e mandou no canto esquerdo de Yan para abrir a contagem no Joaquinzão. Seis minutos depois, Nathan ganhou a dividida no cruzamento de Esquerdinha, driblou o goleiro e empurrou para a rede, marcando o seu segundo gol, o segundo do Duque de Caxias.

A blitz caxiense seguiu e o terceiro gol saiu na sequência, aos 38, novamente com a participação de Nathan. Bruno Campos recebeu bom passe do atacante, ajeitou a bola e mandou na direita: 3 a 0 Duque, resultado final.