Em Brasília, Brasil goleia Camarões e passa em primeiro

Por Emerson Pereira

Fernandinho comemora o último gol da goleada (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)
Fernandinho comemora o último gol da goleada
(Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

Avante Brasil! A nossa Seleção voltou a campo nesta segunda-feira, 23, para enfrentar Camarões no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Na última partida da primeira fase, a Seleção Brasileira goleou os já eliminados camaronense e, de quebra, se classificou em primeiro para as oitavas-de-final, onde pegará o Chile, mesmo adversário no Mundial passado, no próximo sábado, dia 28, no Mineirão.

Neymar marca duas vezes e vira artilheiro do Mundial

O Brasil deu o cartão de visitas logo no segundo minuto de partida, quando Neymar abriu para Daniel Alves. O lateral-direito cruzou rasteiro para Paulinho, que bateu. A bola tinha endereço certo, mas o chute foi travado na “hora H”.

A nossa Seleção seguiu com mais volume de jogo, conseguido abrir o marcador aos 16 minutos. No lance, Luiz Gustavo recuperou a bola pela esquerda, avançou e cruzou na medida para Neymar. O camisa 10, de primeira, tirou do alcance do goleiro Itandje. Logo em seguida, Thiago Silva lançou Hulk, que ganhou na força e mandou para área. A defesa camaronesa cortou mal e, da entrada da área, Neymar encheu o pé, mas Itandje salvou.

Pressionando Camarões, o Brasil teve a chance de ampliar com Fred, que recebeu cruzamento de Paulinho. A pelota ficou com o arqueiro africano, aos 20. Saindo aos poucos para o ataque, Camarões quase empatou aos 24, quando Enoh bateu cruzado, a bola desviou em Thiago Silva e quase foi contra a meta de Julio César, escanteio. Na cobrança, Matip foi no “segundo andar” e testou no travessão.

Sem se intimidar, a Seleção Camaronesa deixou tudo igual aos 25. Nyon deixou Daniel Alves para trás, foi à linha de fundo e cruzou na medida para Matip, que, livre, não perdeu: 1 a 1. Nove minutos depois, Marcelo serviu Neymar, que passou por N’Koulou e bateu na direita para balançar a rede. Brasil novamente na frente: 2 a 1, placar do primeiro tempo.

Hulk não teve 'sossego' no Mané Garrincha (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)
Hulk não teve ‘sossego’ no Mané Garrincha (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Brasil fecha o caixão camaronês, com ‘brilho’ de Fernandinho

Disposto a desencantar na Copa, o até então apagado Fred voltou do vestiário com “fome de gol”. No minuto inicial, Daniel Alves tocou para o camisa 9. Ele bateu no canto direito, mas Itandje voou e pôs para córner. Aos quatro, Fernandinho abriu jogada para o zagueiro David Luiz. Ele achou Fred livre, que cabeceou para o fundo do gol: 3 a 1 Brasil.

Felipão sacou Neymar e pôs Willian, porém, quem se destacou foi Fernandinho – que entrara no lugar de Paulinho – . Ele recebeu passe de Fred, entrou na área e chutou de bico, no canto direito de Itandje. Placar final: 4 a 1.