Exames abrem os trabalhos do Bangu rumo ao Campeonato Carioca 2018

2

Por Super  Gol (Foto: Emerson Pereira/Bangu)

O 2018 do Bangu Atlético Clube já começou! Na manhã desta segunda-feira, 13, o primeiro grupo de atletas deram início às avaliações pré-participação no Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, o Saferj, no bairro da Tijuca, Zona Norte. Sob o comando do fisiologista Paulo Figueiredo, os jogadores fizeram uma verdeira bateria de exames com aparelhos de última geração. Além do eletrocardiograma de repouso, os alvirrubros realizaram antropometria e composição corporal, avaliação isocinética de força e teste para a verificação de limiar de lactato.

– É uma necessidade imperiosa e obrigatória fazer esta avaliação pré-participação. Começamos com o exame médico completo, com a avaliação fisiológica e física posteriormente. Buscamos saber se a função cardíaca encontra-se normal na parte elétrica, o efeito da alimentação e da inatividade do atleta durante as férias e como está se comportando a força dele quando submetido a um estresse mais intenso, que é a avaliação isocinética. Na sexta-feira, vamos medir a capacidade aeróbia, o limiar de lactato de cada um, que consiste no conjunto de influências sofridas na capacidade aeróbia para o atleta poder ter um rendimento necessário – explicou Paulo Figueiredo.

O fisiologista afirmou que busca um trabalho integrado entre o setor de fisiologia, nutrição, preparação física e técnica. Paulo ainda enumerou os pontos que estão tendo maior atenção neste primeiro momento através da avaliação isocinética:

– Junto com a preparação física, vamos conversar e planejar os primeiros passos a serem dados. Na avaliação isocinética, estamos identificando a situação de quem precisa de força, resistência de força, quem apresenta desequilíbrios e quais os tipos de cuidados que cada um merece, trabalhando em conjunto com a parte de nutrição para que todos os atletas tenham todos os nutrientes necessários para que possam treinar e apresentar um bom desempenho. Estamos buscando fazer um trabalho de maneira sincronizada para que tenhamos uma ótima qualidade – completou o renomado fisiologista, com passagens pela Seleção Brasileira, Flamengo, Vasco da Gama, dentre outros.

Ao logo da semana, os demais atletas ainda passarão pela bateria de exames no Saferj. Na sexta-feira, 17, pela manhã, estão previstos novas avaliações no Estádio de Moça Bonita, com os trabalhos físicos tendo início na próxima semana.