Federação programa torneio com clubes licenciados

A reunião foi mediada pelo presidente da FFERJ, Sr. Rubens Lopes
(Foto: André Luiz Pereira NUnes)

Por André Luiz Pereira Nunes

A reunião foi mediada pelo presidente da FFERJ, Sr. Rubens Lopes (Foto: André Luiz Pereira NUnes)
A reunião foi mediada pelo presidente da FFERJ, Sr. Rubens Lopes (Foto: André Luiz Pereira Nunes)

Na tarde desta segunda-feira, dia 17, na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro foi realizada uma reunião, conduzida pelo presidente Rubens Lopes, entre clubes que esse ano se encontram com as atividades esportivas suspensas. A intenção da entidade que rege o futebol do Rio de Janeiro é a de criar um torneio a custo zero para manter os clubes licenciados em atividade. Os gastos só seriam de transporte e logística, ficando a Federação encarregada das despesas de arbitragem. Foram convocados Carapebus, Apollo, Aperibeense, Bela Vista, Castelo Branco, Canto do Rio, Cardoso Moreira, Rio Branco, Arturzinho, Rio de Janeiro, São José, Búzios, CFZ do Rio, La Coruña, Marinho, Everest, Fênix, Imperial, Profute, Itaperuna, Juventus, Mesquita, Nilópolis, Paraíba do Sul, Rio das Ostras, Riostrense, Tomazinho, Três Rios e Villa Rio. O Itatiaia, que se encontra em processo de filiação, também esteve presente e garantiu que disputará o certame.

Um novo encontro foi marcado para o dia 2 de abril, quando possivelmente será lançada a tabela da competição que não terá acesso à Série B ou C.

Para o presidente do Rio de Janeiro, Enio Faria, é uma boa oportunidade para manter os atletas em atividade. “Estamos animados. A proposta é muito boa, portanto, desejamos disputar essa competição”, garantiu.

Já o presidente do Riostrense, o vereador Alcemir Jóia, irá analisar o contexto. “Dependendo da tabela, se os jogos forem regionalizados, poderá valer a pena. Caso contrário, ficará muito difícil. De qualquer forma deveremos retornar às atividades profissionais no ano que vem”, declarou.

2 thoughts on “Federação programa torneio com clubes licenciados

  1. Triste do Futebol carioca que tem um presidente como esse, vai fazer um torneio as custas dos times da Serie A e B, para continuar a se eleger com os votos de clubes e ligas que não tem nenhuma expressão, por isso que o Carioca esta descendo a ladeira.

    Coloca taxas de arbitragens altissimas para os clubes, cobra para cada minuto de atraso no inicio da partida 100 reais, que po… de minuto é esse, a premiação aos clubes serão em creditos junto a federação ,ou seja vc ganha , o Titulo mais não ganha valor em dinheiro, pois estes ditos creditos são para abonar as dividas dos clubes junto a federação, um dos times ai relacionado o Canto do Rio esta licenciado junto a federação a 5 anos, ou seja vai participar de um torneio , sem valer nada, como dizem na minha terra “Somente para encher linguiça”. E os clube que tiveram que ceder a pressão da federação e acertar seus debitos para disputar a terceira caso da maioria que vai disputar, vai ficar se perguntando pra que , se teria este torneio eu fui participar da série C, ….Eita Futebol , Eita Terra Brasilis.

    Enquanto estes não pagaram nada como dizem aqui no rio o tal do 0800, os Clubes da série B e C se virando em mil para cumprir com suas obrigações e pagar suas taxas.

  2. Na dita COPA DOS EXCLUIDOS os clube inadimplentes e sem condição financeira, não pagaram arbitragem pois bem, me exclaressam outras duvidas e as obrigações que clube que disputaram a série C e os que disputam a série A e B tem que cumprir como:

    -ambulância em campo com 2 médicos , 1 enfermeiro, um desfribilador.
    -os alvaras de liberação do campo para a realização das partidas quando for seu mando de campo.
    -a taxa de arbitragem
    -a multa por atraso em caso de ocorrer , será cobrada.
    -este atletas serão federados como amador ou como atletas profissionais ,pois isto é uma competição amadora.
    -se forem atletas acima da idade de juniores terão todos que serem profissionalizados pois não pode atleta acima de sub-20 disputar competição oficial vinculado a uma federação sendo amador. a não ser que a entidade seja amadora o que não é o caso, são todas entidades profissionais.
    – o alvará de liberação para o clube ter suas atividades no ano de 2014 validas no valor de 3.000 reais será cobra.
    – o alvará de liberação de liberação junto a CBF para o clube ter suas atividades no ano de 2014 no valor de 2.700 reais será cobrada.

    SERÁ QUE OS OUTROS CLUBE DAS SÉRIES A , B E C ACATARAM ESTA COPA DOS EXCLUIDOS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *