Fortalecido, Nova Iguaçu se apresenta para a temporada 2018

NI2

Por Super Gol (Foto: Bernardo Gleizer/NIFC)

O Nova Iguaçu começou nesta segunda-feira sua preparação para aquela que já vem sendo apontada como a temporada mais importante de sua história. Com 26 jogadores, sendo muitas caras novas, e com a comissão técnica praticamente mantida em sua totalidade, o Orgulho da Baixada terá cerca de 70 dias até a estreia no Campeonato Carioca-2018, marcada para o dia 17 de janeiro.

E a missão não será fácil: superar a campanha histórica de 2017, quando o Nova Iguaçu veio da Segunda Divisão e terminou na quinta colocação, atrás apenas dos quatro grandes, além de ter conquistado os dois torneios paralelos às semifinais das Taças Guanabara e Rio. Além do Estadual, a Laranja da Baixada vai disputar a Série D do Brasileiro e, muito provavelmente, a Copa do Brasil.

O dia começou com uma palestra do presidente Janio Moraes, expondo as metas para 2018. Depois, os jogadores responderam a questionários com o auxiliar Ricardo Cruz e realizaram procedimentos de anamnese, antropometria, composição corporal e oximetria. Por fim, fizeram um trabalho físico na academia e depois uma leve corrida para “soltar a musculatura” no campo 1 do CT.

Com o calendário cheio – de jogos e responsabilidade -, a diretoria manteve a grande maioria da comissão técnica, encabeçada pelo técnico Edson Souza (que tem exatos 124 jogos no comando da equipe profissional), pelo auxiliar Ricardo Cruz e pelo preparador físico Sandro Graham. A novidade é o retorno de Itamar Rodrigues para a função de preparador de goleiros.

Grande parte da base do time titular de 2017 foi mantida, como os zagueiros Raphael Azevedo e Murilo Henrique, o lateral-esquerdo Lucas, os volantes Paulo Henrique, Caio Cezar e Iuri Pimentel e o atacante Adriano, vice-artilheiro do Campeonato Carioca com nove gols. O goleiro Jefferson, ídolo do clube, está emprestado ao Bolívar (BOL) e retorna em dezembro.

– O objetivo foi qualificar o grupo cada vez mais. Poderíamos chegar aqui e ficar debruçados em cima do que fizemos, e isso seria um grande erro. O Nova Iguaçu absorveu isso, foi feito um investimento muito grande para 2018, não só de jogadores, como também de estrutura. É a filosofia do clube, estar sempre crescendo – afirmou o técnico Edson Souza.

São 11 caras novas. Duas nem tanto assim: os meias Robinho e Dieguinho retornam ao clube após atuarem nesta temporada por America e Tombense, respectivamente. Chegaram também o goleiro Luis Henrique (Macaé), os zagueiros Leozão (Oliveirense-POR) e Gonçalves (ex-Vasco), os laterais Ronan (ex-Fluminense) e Daniel (Remo), o meia Bruno Smith (Água Santa) e os atacantes Jonathan (Tombense), Vinicius Paquetá (Moto Club) e Luam (Barcelona-RJ).

Além dos reforços dentro de campo, o Nova Iguaçu também investiu pesado em sua já reconhecida infraestrutura. Foram adquiridos novos equipamentos de fisioterapia e materiais de treinamento, e os campos de treinamento e do Estádio Laranjão estão ainda mais bonitos depois da parceria com a Greenleaf, empresa referência no ramo.

O Nova Iguaçu está no Grupo B do Campeonato Carioca, e estreia no dia 17 de janeiro contra o primeiro colocado da fase preliminar, no Estádio Laranjão. Flamengo, Vasco da Gama, Volta Redonda e Bangu completam a chave da qual o Orgulho da Baixada faz parte. Confira a comissão técnica e os jogadores que se reapresentaram:

Técnico: Edson Souza

Auxiliar-técnico: Ricardo Cruz

Preparador físico: Sandro Graham

Preparador de goleiros: Itamar Rodrigues

Fisiologista: Uelbio Bezerra

Auxiliar de preparação física: Nilo Ribeiro

Fisioterapeuta: Moisés Lenine

Massoterapeuta: Bruno Lessa

Roupeiro: João Carlos Nem

Auxiliar de serviços gerais: Luiz Carlos Dibel

 

Goleiros: Luis Henrique, Bruno e Matheus Miranda

Laterais: Daniel, Ronan e Lucas

Zagueiros: Murilo Henrique, Raphael Azevedo, Ronan, Gonçalves e Raniel

Volantes: Paulo Henrique, Iuri Pimentel, Caio Cezar, Vinicius Matheus, Ronald e Ernesto

Meias: Bruno Smith, Robinho, Dieguinho e Wescley

Atacantes: Adriano, Vinicius Paquetá, Jonathan, Luam e Jean