Galhardo define vitória sobre o America como impecável e convoca torcida do Goyta para jogo de volta

Gabriel Galhardo

Por Super Gol (Foto: Luis Miguel Ferreira)

Campeão do segundo escalão do Campeonato Estadual em 1982, o Goytacaz busca repetir o feito nesta temporada. Na primeira partida da decisão da Série B1, o Alvinail da Rua do Gás foi ao Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, bateu o America por 1 a 0 e está em vantagem para o segundo duelo. Titular absoluto no time do técnico Paulo Henrique, o volante Gabriel Galhardo elogiou o oponente da decisão e aprovou o desempenho de seus companheiros:

– Foi uma atuação impecável. Criamos mais oportunidades, sofremos poucos perigos e poderíamos ter matado a partida ainda no primeiro tempo. Esta vitória tem um peso maior por conta do adversário, que tem muita tradição e jamais entra desacreditado. O America não foi bem no primeiro turno, mas mostrou muita força no segundo e eliminou o Audax, o que valoriza ainda mais o nosso feito. Um empate já estaria de bom tamanho, mas a vitória é sensacional  – descreveu.

Durante os primeiros 90 minutos da final da B1, o Goytacaz foi eficaz no ataque e sólido na defesa. Sendo assim, sobraram as conclusões de longa distância para o America. Galhardo destacou que a equipe é bastante coesa, sendo a que menos sofreu gols ao longo da competição:

– Temos uma equipe qualificada tanto para defender quanto para atacar. Não é atoa que temos a defesa menos vazada. Temos que dar os méritos ao Paulo Henrique e à linha de defesa. Quando atacamos, conseguimos marcar gols, mantendo um bom equilíbrio. Marcamos o gol no primeiro tempo e, depois, conseguimos nos portar bem no setor defensivo – disse o camisa 8, que deixou uma mensagem aos torcedores:

– Tenho que agradecê-los porque foram importantíssimos no nosso acesso. Peço o apoio deles novamente para que estejam conosco sábado e nos empurrar em busca de mais um título – encerrou Gabriel Galhardo.

Precisando apenas de um empate para levar a taça, o Goytacaz recebe o America no Estádio Ary de Oliveira e Souza, em Campos dos Goytacazes, às 15h do próximo sábado (30).