Iluminado! Götze sai do banco e, na prorrogação, dá o título para a Alemanha

Por Emerson Pereira

Götze toca na esquerda de Romero e marca o gol do título alemão (Foto: Getty Images)
Götze toca na esquerda de Romero e marca o gol do título alemão (Foto: Getty Images)

É tetra, é tetra, é tetra! Com gol aos oito minutos do segundo tempo da prorrogação, a Alemanha derrotou a Argentina e conquistou o título da Copa do Mundo de 2014. O gol solitário do tetra saiu dos pés de Götze. Como não poderia ser diferente, os alemães fizeram a festa no Maracanã!

Times criam, mas ficam no ‘quase’

No primeiro tempo, a Alemanha tinha mais posse de bola e volume de jogo. Já a Argentina apostava nas jogadas rápidas, saindo no contra-ataques. Porém, o time alviceleste teve a primeira grande chance do jogo com Higuaín, aos 20 minutos. No lance, Toni Kroos errou o cabeceio e mandou no pé do argentino, que saiu frente a frente com o goleiro Neuer, mas mandou à direita.

A Alemanha respondeu aos 27, quando Lahm efetuou o cruzamento e a pelota tomou outro rumo para a defesa de Romero. Dois minutos depois, Lavezzi acionou Higuaín dentro da área. Ele foi de encontro à bola e fez, porém, foi assinalado o impedimento.

Aos 31, Joaquim Low, técnico alemão, teve que queimar a sua primeira atuação. Kramer – que entrara no lugar de Khedira, que se machucou no aquecimento – saiu contundido, para a entrada do atacante Schürrle. Em seu primeiro lance, aos 36, o atacante da Alemanha recebeu passe de Müller e bateu, mas Romero salvou.

No minuto final, aos 46, Kroos cobrou escanteio para dentro da área. Höwedes foi mais alto que a defesa argentina e cabeceou firme e a bola explodiu no poste esquerdo de Romero. E o primeiro tempo ficou no zero.

Homem invade o campo de jogo (Foto: André Durão/Ge)
Homem invade o campo de jogo (Foto: André Durão/Ge)

Com invasão de campo, jogo segue zerado e vai para os pênaltis

Na segunda etapa, a Argentina começou mais ofensiva. No primeiro minuto, Messi recebeu bola, invadiu a área e bateu com perigo. O camisa 10 alviceleste novamente quase marcou aos 29, mas novamente a bola saiu em tiro de meta para o goleiro Neuer.

Somente aos 36 minutos que a Alemanha levou perigo ao gol dos “hermanos”. Lahm recebeu bolão e tocou para Kroos, que, livre, mandou pela linha de fundo. Após o lance anterior, os alemães pressionavam a Argentina, que se segurava ao trancos e barrancos, levando o jogo para a prorrogação.

Vale ressaltar que aos 42 minutos, um homem invadiu o campo do Maracanã. Minutos depois, ele foi retirada pelos seguranças da Fifa.

Götze é oportunista e marca o gol do título

Nos primeiros segundos da prorrogação, a Alemanha teve a chance de marcar com Schürrle. Ele recebeu passe de Götze e bateu forte e, bem posicionado, Romero espalmou. Aos seis, Rojo lançou Palacio pelo meio. A zaga vacilou e o argentino saiu na cara de Neuer e mandou por cobertura, mas a bola saiu à direita.

Já no segundo tempo, a partida ficou tensa. Porém, em sua melhor chace, a Alemanha não perdeu e ficou com a taça. Na ocasião, aos seis, Schürrle avançou pela esquerda e achou, livre, Götze. Ele matou no peito e tocou na esquerda do gol da Argentina. Pode comemorar… A Alemanha é tetra, é tetra!

E a “Copa das Copas” chegou ao fim… Até 2018!

DADOS DA PARTIDA:

Alemanha
0
0
Argentina
Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro-RJ Data: Domingo, 13/07/2014 Horário: 16:00
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Assistentes:
 Renato Faverani (ITA) e Andrea Stefani (ITA)
Neue; Lahm, Boateng, Hummels e Höwedes; Schweinsteiger, Kramer (Schürrle - 31' 1ºT) e Kroos; Müller, Özil (Mertesacker - 14' 2ºTP) e Klose (Götze - 43' 2ºT). Técnico: Joaquim Low.
Romero; Zabaleta, Garay, Demichelis e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez (Gago - 41' 2ºT); Messi, Lavezzi (Agüero - intervalo) e Higuaín (Palacio - 32' 2ºT). Técnico: Alejandro Sabella.
Schweinsteiger, Höwedes
Mascherano, Agüero
não houve
não houve
Gotze (1x0 - 8' 2ºTP)
Não divulgado