Jefferson lamenta desatenção do Nova Iguaçu nos minutos finais: ‘Poderíamos ter saído com a vitória’

IMG-20180121-WA0109

Por Diego Pedroso (Foto: Marcos Farias)

Vivendo uma turbulenta crise política, o Vasco da Gama recebeu em São Januário, de portões fechados, a equipe do Nova Iguaçu, na tarde do último domingo (21), pela segunda rodada da Taça Guanabara de 2018. O Cruzmaltino abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, mas sofreu o empate na etapa complementar. Porém, nos minutos finais, com gols de Yago Pikachu e Andrey, os vascaínos asseguraram a primeira vitória na Competição. Jefferson, experiente goleiro do Carrossel da Baixada, falou sobre o resultado negativo do Nova Iguaçu, que na segunda etapa teve oportunidades de virar o marcador.

– O que nos faltou foi atenção nos minutos finais. Nosso time voltou para o segundo tempo com bastante atitude e muito comprometimento. Chegamos a empatar com méritos, mas tomamos dois gols que nos custaram esse ponto que seria essencial para nossa sequência no Campeonato. Pela reação da equipe no segundo tempo, fica uma sensação de que poderíamos ter saído de São Januário com o empate ou até mesmo com uma vitória – lamentou Jefferson, que também alertou o que o Nova Iguaçu precisa fazer para não deixar escapar pontos nas próximas partidas contra as equipes grandes:

– Quando enfrentamos os times grandes do Estado, não podemos errar. Infelizmente, erramos em momentos cruciais na partida. Fizemos um primeiro tempo muito apático. O Nova Iguaçu se acostumou a ditar o ritmo do jogo, seja qual for o adversário, de grande ou pequeno porte. Quando conseguimos colocar esse ritmo que tanto prezamos, chegamos ao empate e não soubemos aproveitar essa constante da nossa equipe. A derrota nos deixa chateados, mas são experiência que servem para não serem repetidas. Contra as equipes grandes, as oportunidades devem ser muito bem aproveitadas por nós. Temos que melhorar muito a nossa concentração nos minutos iniciais e finais da partida – declarou o experiente goleiro do Carrossel da Baixada.

Jefferson ainda comentou o momento que vive o adversário do último Domingo. Para ele, os problemas extracampo do Vasco da Gama não interferem na entrega dos jogadores do Cruzmaltino.

– Sabíamos que as questões que envolvem o Vasco, não iriam interferir dentro de campo, pois eles possuem jogadores experientes no elenco, começando no gol, com o Martín Silva. Ao meu ver, o Vasco fez uma partida muito boa, mas tivemos nossas chances de construir um placar favorável, porém, sofremos dois gols no início e no fim da partida – concluiu Jefferson.

No Laranjão, o Nova Iguaçu irá receber o Volta Redonda, na próxima quinta-feira (25), às 16h30, pela terceira rodada da Competição. Por outro lado, um dia antes, na quarta-feira (24), o Vasco da Gama vai até Bacaxá, para visitar a Cabofriense, no Estádio Elcyr Resende, às 17h. O jogo também é válido pela terceira rodada da Taça Guanabara de 2018.