Luisinho Quintanilha lamenta derrota e eliminação eminente do São Cristóvão

Por Gabriel Valle (Foto: Gabriel Valle/Super Gol)

Na última sexta, 26, a equipe do São Cristóvão perdeu o jogo contra o Itaboraí, por 4 a 1, partida válida pela 6° rodada do segundo turno da Série B. Luisinho Quintanilha, técnico do Cadete, falou um pouco sobre as dificuldades encontradas pela equipe.

– A equipe teve bastante dificuldade, principalmente no primeiro tempo, porque não entrou com a disposição que deveria estar, já que era uma partida decisiva – falou o treinador, que acrescentou outros fatores para a derrota:

– Nós sabemos que o gramado daqui (da Rua Bairi) não é bom, dificulta um pouco mais o toque de bola, obriga o time a procurar sempre a profundidade do campo. O nosso time ainda cometeu muitos erros e o Itaboraí soube se aproveitar deles – afirmou.

Ele ainda falou sobre a mudança do time pro segundo tempo, que esboçou uma reação, mas acabou levando mais gols.

– O time melhorou, pressionou mais, mostrou disposição em campo e conseguiu até diminuir o placar. Porém, talvez por imaturidade, cedeu um pênalti para o Itaboraí, que diminuiu a pressão que estávamos fazendo. E no final, depois da expulsão de um dos nossos jogadores, conseguiram fazer o quarto gol – concluiu Luisinho.

O Cadete folga na próxima rodada e só joga no dia 9, com o já rebaixado Ceres, pela 8° rodada. O São Cristóvão se encontra na 6° posição, com 7 pontos e com chances mínimas de classificação às semifinais da Taça Corcovado.