Matheus Sávio exalta Flamengo após conquista do OPG: ‘É o maior time do Brasil’

Por Diego Pedroso e Rogério Felgueiras (Foto: Rogério Felgueiras/Super Gol)

Na tarde da última sexta feira, 4, a equipe sub-20 do Flamengo levantou a taça do Torneio Octávio Pinto Guimarães, em São Januário, contra o Vasco da Gama. O Rubro-Negro, que já havia vencido o primeiro jogo da final por 1 a 0, bateu novamente o rival. Desta vez, o Mengão fez 3 a 1 nos donos da casa e comemorou muito após o apito final. Matheus Sávio, que fez uma grande partida, falou sobre o sentimento de ser campeão pelo Flamengo.

– Conquistar essa taça é uma felicidade imensa, ainda mais depois de uma partida excelente, não só minha, mas de todos os meus companheiros. O Flamengo é o maior time do Brasil, então, temos a obrigação de sempre entrar para ganhar, e nessa competição não foi diferente. Desde o início, entramos focados em todos os jogos, nosso time não perdeu fora de casa, e isso foi muito importante na luta por esse título – comentou Matheus Sávio, que também analisou a partida decisiva e parabenizou os adversários:

– Viemos com a vantagem de 1 a 0 e soubemos lidar com as situações. O Vasco saiu mais para o jogo, precisava nos atacar, mas conseguimos acertar nos contra-ataques e matamos o jogo quando pudemos. Hoje, mostramos a união desse grupo, conseguimos o nosso objetivo e colocamos mais uma vez o Flamengo no seu devido lugar. Também quero parabenizar a equipe do Vasco, pois seus jogadores lutaram e jogaram na bola, independente do placar e do momento do jogo – disse.

O camisa 10 da equipe Rubro-Negra mostrou confiar na direção do Clube e trabalho da comissão técnica, quanto ao momento certo de subir para a equipe principal de seu time.

– Desde pequeno, quando o jogador de futebol começa a sua carreira, ele espera chegar ao profissional. Mas sabemos que não podemos pular as etapas. Não tem como não pensar nos profissionais, trabalhamos demais aqui na base, sempre almejando uma oportunidade de jogar com eles. Mas a diretoria e os nossos treinadores, que conhecem o nosso potencial, sabem o momento certo em que devemos subir para a equipe principal e ajudar o time. Tenho certeza que o professor Zé Ricardo está olhando a base e que muitos daqui irão subir para a equipe de cima – encerrou.