Mauro Silva fala de cobrança interna para reconduzir o Bonsucesso à Série A

Mauro Silva

Por Super Gol (Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

O Bonsucesso teve um duro golpe há alguns meses ao ser rebaixado no Campeonato Carioca. Após algumas temporadas na elite, o Rubro-Anil não fez boa campanha na primeira fase da Série A, teve que jogar o Grupo X e acabou retornando à Série B1, o segundo nível do futebol fluminense, de onde foi vice-campeão em 2013. Remanescente da última competição, o meia Mauro Silva evitou falar em pressão para reconduzir o Leão da Leopoldina à elite, mas garantiu que existe cobranças dos próprios atletas para que isso ocorra:

– Pressão é uma palavra muito forte. Acho que há uma cobrança, sim, interna por parte dos jogadores e da comissão técnica porque estávamos na queda do Bonsucesso. Nos cobramos a cada dia de devolver o clube à Série A. Temos a oportunidade de conquistar o acesso no mesmo em que caímos. Então, esse é o nosso intuito. Não passa outro pensamento – afirma Mauro.

Segundo Mauro Silva, a queda de divisão já ficou no passado. O Leão da Leopoldina vem variando os treinamentos entre o Centro de Treinamento Olímpico da Aeronáutica, em Sulacap, e o tradicional Estádio de Teixeira de Castro, seguindo com sua preparação. O meia, que utilizou a camisa 8 em boa parte dos jogos na Série A, comentou sobre a continuidade de algumas peças do plantel:

– Nos primeiros dias de treinamentos, ficamos remoendo a queda, até porque estava muito recente. Mas a chave já virou. O único pensamento é recolocar o Bonsucesso na Primeira Divisão. Temos trabalhado com tranquilidade, sendo um período bem proveitoso. Também com a manutenção de alguns jogadores, estamos com uma base que já se conhece. Acho que torna o ambiente melhor e é mais fácil para se trabalhar – diz Mauro.

A jornada do Bonsuça na Segundona terá início no próximo domingo, 20, no mesmo local da queda: Moça Bonita. A equipe da Zona Norte recebe a visita do Carapebus, às 10h.