Mesmo com a derrota do Bonsucesso, Vitor afirma: ‘Podem esperar muita dedicação e raça’

Por Rogério Henrique Felgueiras (Foto: Reprodução)

No último domingo (5), na estreia do Grupo X, (etapa do Estadual que definirá os dois rebaixados à segunda divisão), o Bonsucesso novamente foi derrotado e dessa vez foi para a equipe do Cabofriense, pelo placar de 2 a 1.

A equipe do Bonsucesso começou o jogo bem, e abriu o placar da partida logo no começo do jogo. A Cabofriense chegou ao empate logo após e conseguiu a virada no segundo tempo de jogo.

O zagueiro e capitão da equipe do Bonsucesso Vítor, de 21 anos, comentou sobre a partida, a responsabilidade de ser capitão e falou que não vai faltar dedicação e raça nessa reta final.

-Infelizmente não conseguimos sair com a vitória nessa primeira partida do grupo x, creio eu que o não é culpa do sistema defensivo ou falta de comprometimento na marcação, o fato é que saímos para o jogo para conseguir a vitória e infelizmente tomamos a virada em um contra ataque eficiente da Cabofriense. Esse é um risco que se tem quando um time sai para o jogo em busca da vitória-.

Vitor em ação pelo Bonsucesso (Foto: Reprodução)
Vitor em ação pelo Bonsucesso (Foto: Reprodução)

Vítor vem fazendo boas partidas pelo Rubro-anil mostra personalidade ao falar sobre ser capitão:

– Me sinto honrado em ser o capitão de um time com jogadores de muita qualidade. Agradeço ao professor Heron e ao grupo por essa confiança que eles têm em mim. Apesar de ser jovem gosto de desafios e trabalho muito para ser um grande jogador e creio eu que estou no caminho certo com a ajuda da comissão técnica e de todos os jogadores sei que em breve alcançarei meus objetivos pessoais.

Sobre o jogo de Sábado o zagueiro do Leão da Leopoldina mostrou-se otimista.

– Podem esperar muita dedicação e muita raça porque iremos com tudo para reverter essa nossa situação no Campeonato Carioca. – Finalizou