Mesmo sem jogo, Jorge Perreco comemora os três pontos conquistados pelo Duquecaxiense

Por Super Gol

Perreco já definiu o time que enfrenta o Serrano (Foto: Emerson Pereira)
Perreco já pensa no Gonçalense, no próximo domingo (Foto: Emerson Pereira)

Ontem, dia 11, o Duquecaxiense tinha jogo marcado diante do União de Marechal Hermes, em Nilópolis, porém, com a falta de um médico, o time da Zona Oeste acabou derrotado por WO (3×0). Com isso, quem se deu bem foi o Aurianil da Baixada Fluminense, que agora soma seis pontos, na liderança do Grupo B. O treinador Jorge Perreco, do Duquecaxiense, comentou sobre o ocorrido.

– É uma coisa chata. Eu penso, claro, nos funcionários do outro lado, principalmente nos atletas e comissão técnica, que trabalham e acreditam no que estão fazendo e, na hora do jogo, acontecer um fato desse. É lamentável.

Ainda em relação ao WO, Perreco se mostrou contente pela vitória. Ele ressaltou a péssima condição do gramado do Joaquim Flores.

– Eu fico contente por um lado, pois somamos mais três pontos sem jogar, porque era importantíssimo para a gente, pelo fato de se tratar de um jogo fora de casa, além do campo que é horrível. Eu estava temeroso, não tanto em relação ao adversário, mas em função do campo, onde você não vai jogar futebol. Para nós, desta forma, foi melhor, até mesmo pela integridade dos nossos jogadores.

Pela 3ª rodada, no próximo domingo, 18, o Duquecaxiense tem compromisso marcado diante do Gonçalense, no Estádio Mestre Telê Santana, em Duque de Caxias, às 15h.

– Agora temos um adversário muito difícil, que é o Gonçalense, inclusive o treinador deles estava aqui, o Emanoel Pirata. Vamos trabalhar firme nesta semana porque, aí sim, uma vitória no domingo nos deixa numa situação muito boa na chave.