Nos pênaltis, Nova Iguaçu bate a Portuguesa e vai decidir o Torneio Extra da Taça Rio

Nova Iguaçu x Portuguesa 06 - Jefferson e Wescley

Por Super Gol (Foto: Bernardo Gleizer/NIFC)

Mais um feito na campanha do Nova Iguaçu neste Campeonato Carioca. Campeão do Torneio Extra da Taça Guanabara, o Orgulho da Baixada se classificou para a final do Quadrangular Extra da Taça Rio nesta quinta-feira, no Laranjão, ao vencer a Portuguesa nos pênaltis por 4 a 2, depois de um empate sem gols no tempo normal. A decisão será no domingo, mais uma vez no Laranjão.

O adversário na final sairá do duelo entre Volta Redonda e Boavista, que se enfrentam às 19h desta quinta-feira no Estádio Raulino de Oliveira. O Quadrangular Extra da Taça Rio reúne os dois melhores clubes de cada grupo que não avançaram para as semifinais. Com o quinto lugar no geral e vaga assegurada na Série D do Brasileiro 2018, o Nova Iguaçu vai buscar mais um troféu.

Mesmo sem contar com alguns atletas importantes, poupados por causa da sequência de jogos, como Murilo Henrique, Paulo Henrique e Adriano, o Nova Iguaçu foi superior durante praticamente o jogo todo. Logo no começo, já teve a chance de sair na frente. Patrick foi derrubado na área pelo goleiro Luciano e sofreu pênalti. Porém, o goleiro da Portuguesa defendeu a cobrança de Wescley.

Com mais posse de bola, o Nova Iguaçu tentou rondar a área da Portuguesa, que por sua vez esperava para sair rapidamente nos contra-ataques. A Laranja da Baixada chegou a criar outras boas chances ainda no primeiro tempo, com Patrick e Luiz Felipe, sempre tendo paciência para girar o jogo e buscar as tabelas, sem no entanto conseguir balançar a rede.

No segundo tempo, o panorama não mudou muito. Mas a Portuguesa conseguiu criar chances perigosas, já depois da parada técnica. A melhor delas foi aos 29 minutos: após cruzamento na área, Douglas Caé pegou a sobra, mas o chute acabou saindo fraco e facilitou a defesa de Jefferson. A partida caiu um pouco de ritmo e ficou para ser decidida mesmo nas penalidades.

A Portuguesa começou cobrando, mas desperdiçou logo a primeira, com Douglas Caé acertando o travessão. Na terceira, o goleiro Jefferson, que defendeu quatro na final do Torneio Extra da Taça Guanabara, impediu o gol de Belarmino com os pés. Os batedores do Nova Iguaçu converteram todas as quatro, com a última cabendo a Wescley. Mais uma final para disputar!