Portuguesa vence o Bonsucesso e encosta nos líderes

Por Super Gol

Portuguesa e Bonsucesso se enfrentaram no estádio Luso Brasileiro pela sexta rodada do Campeonato Estadual. Precisando vencer para encostar no pelotão de frente rumo à classificação, a Lusa conseguiu, com gols de Eberson, Romarinho e Gilcimar vencer por 3 a 1 o Bonsuça, que amarga a lanterna do grupo, e teve Dieguinho marcando seu gol. Com o resultado, a Portuguesa chegou aos sete pontos, se igualando ao Fluminense.

Primeiro tempo de gols

Foto: Anderson Luiz
Foto: Anderson Luiz

Um primeiro tempo de emoções onde logo aos 3 minutos Allan finalizou para fora, dando o cartão de visitas da Portuguesa. Dois minutos depois, novamente Allan aparece na jogada, lançou Eberson que driblou o goleiro e marcou um bonito gol: Portuguesa 1 a 0. O Bonsucesso não se abateu e correu atrás do prejuízo chegando a igualdade no marcador aos 9 minutos. Dieguinho recebeu a bola e tocou sem chances para Márcio: 1 a 1. O Bonsuça teve uma sequência de ataques, mas que não resultaram em gol.

O jogo ficou equilibrado, mas aos 25 minutos, Eberson ajeitou de cabeça para Romarinho se livrar de seu marcador e, de perna esquerda, colocar a bola no fundo da rede, mantendo a Lusa na frente: 2 a 1. Os dois times caíram de produção e o jogo ficou mais truncado.

Segunda etapa fria

A etapa complementar não teve nos primeiros vinte minutos nenhuma jogada de perigo, apenas correria. Após a parada técnica, a primeira chance foi do Bonsucesso com Matheus cobrando falta que bateu no pé da trave indo à linha de fundo. O jogo ganhou um equilíbrio e as duas equipes passaram a arriscar mais. Na base do lá e cá, A Lusa soube aproveitar sua chance. Falta pela direita de ataque, Allan cobrou para Gilcimar, de cabeça, estufar a rede: Portuguesa 3 a 1.

Portuguesa

3 x 1

Bonsucesso

Estádio

 Luso Brasileiro, Ilha do Governador-RJ

Estádio

Árbitro

Pathrice Wallace Correa Maia

Árbitro

Assistentes

Flávio Manoel da Silva e Wallace Muller Barros Santos

Assistentes

Márcio; Adriano, Pessanha, Rodrigo Almeida e Diego Maia; Silvano, Victor Hugo, Eberson (Alexandre Carioca) e Romarinho (Flavinho); Allan e Rafael Paty (Gilcimar). Técnico: Marcelo Salles.

Escalações

 Léo; Rossales (Tiaguinho), Rambo, Anderson e Geovane; João (Matheus Pimenta), Dieguinho, Marco Júnior e Matheus (Renan); Breno e Deivison. Técnico: Mário Marques.

Eberson (5’),Romarinho (25’) e Gilcimar (83’)

Gols

Dieguinho (9’)

Nenhum

Cartões

Rossales e Matheus