Queimados e Campos ficam no 0 a 0 em partida pouco movimentada

IMG_9808

Por Vitor Melo (Fotos: Vitor Melo/Super Gol)

O Queimados recebeu o Campos pelo confronto de ida da semifinal da Série B2, na tarde desta quarta-feira, 17, no Estádio Nivaldo Pereira, em Austin e ficou no empate pelo placar de 0 a 0. Em partida sem muitas emoções e com resultado favorável ao Roxinho, que possui a vantagem do empate, as equipes deixaram a definição da conquista do acesso para o próximo sábado, 20, quando ambos os times voltam a se enfrentar pelo jogo de volta no Estádio Angelo de Carvalho, em Campos.

O jogo

Sabendo da importância de realizar um bom trabalho de casa, para ter tranquilidade no jogo da volta, o Dragão da Baixada iniciou a disputa mais objetivo nas suas investidas ofensivas. Apostando nas jogadas de bola aérea, os mandantes pararam no travessão aos oito minutos. Vitor cobrou córner e Allan testou firme, contando com a defesa parcial de Glaucio, que espalmou para a trave. Ainda no lance, Pokemon tentou o rebote, mas Tom salvou em cima da linha.

Apesar da pressão sofrida inicialmente, o time de Campos dos Goytacazes respondeu efetivamente dois minutos depois, aos 10, quando DG, pela ponta esquerda, cruzou certeiro para Jhonatan, que bateu cruzado, oferecendo perigo à meta de Deivinho. Na volta do primeiro quarto de partida, a equipe da casa mostrou novamente seu ímpeto e, assim, tirou suspiros dos campistas aos 27, quando teve a melhor chance da partida. Thiaguinho lançou Pokemon em profundidade, que pegou de primeira da diagonal e emendou uma bomba no travessão.

IMG_9733

Diferente dos 45 minutos iniciais, a etapa complementar caiu muito pelo nível técnico das equipes e, desta forma, as oportunidades de gol ficaram escassas, ou praticamente nulas. Mais organizado taticamente, o campos foi preciso ao neutralizar as bolas alçadas em sua área, que mesmo com as mudanças sucessivas de Maikon Pinheiro, pôde manter o resultado. Mesmo com as inúmeras bolas alçadas, o Queimados não conseguiu furar o bloqueio campista.

Na reta final, aos 35, o time alvinegro teve a sua chance de ouro. Russão, que havia entrado no segundo tempo, cruzou à meia altura pela esquerda e a bola passou por Pokemon, que chegou atrasado e não conseguiu empurrar para as redes. Mesclando as faltas no meio de campo para paralisar as jogadas e mantendo a boa postura defensiva, o Campos saiu mais feliz, ao conseguir um resultado favorável para a decisão no jogo da volta. Placar final: 0 a 0.

Próximos compromissos

Campos e Queimados voltam a se enfrentar no próximo sábado, 20, no Estádio Angelo de Carvalho, às 15h, pelo jogo de volta da decisão da Série B2.