Rafael Soriano aponta justiça em empate do Campos com Nova Iguaçu

DSC_0033

Por Emerson Pereira (Foto: Emerson Pereira/Super Gol)

O Campos Atlético estreou somando um importante ponto no último sábado, 3, no Triangular Final da Série B do Campeonato Carioca. O Leão do Parque Leopoldina foi até a Baixada Fluminense e empatou por 1 a 1 com o Nova Iguaçu, no Estádio Jânio Moares, e chegou aos dois pontos. Apesar de ter saído na frente e sofrido a igualdade no placar, o técnico Rafael Soriano apontou como justo o resultado.

– O resultado fez jus ao jogo de dois campeões, pois foi aberto e ambos buscaram os gols. O Nova Iguaçu foi um pouco mais ofensivo no início do segundo tempo, o que era de se esperar porque estavam atrás no placar. Em contrapartida, tivemos a bola do jogo num contra-ataque do Paquetá, que era a nossa proposta – analisou.

Campeão do segundo turno, Rafael Soriano lamentou a paralisação diante da “guerra” entre Itaboraí e Americano nos Tribunais. Segundo o treinador campista, seu time foi prejudicado com a quebra de uma boa sequência.

– A paralisação foi altamente negativa. Primeiro no sentido moral, porque os profissionais que trabalham com isso já gostariam que houvesse uma definição. Em segundo lugar, atrapalhou muito a gente pelo motivo que vinhamos numa sequência de 13 jogos de invencibilidades e de um título (da Taça Corcovado). Com isso, tínhamos uma motivação maior e agora entramos do zero no Triangular Final. Esse sequência foi quebrada e foi nítido a falta de ritmo do time – afirmou.

No próximo domingo, 11, às 15h, o Campos receberá o Itaboraí para a segunda rodada. Rafael Soriano destacou a importância do confronto e pediu o apoio de todas as torcidas.

– A gente tem que pensar jogo a jogo. O Triangular tem essa peculiaridade. Abrimos dois pontos do Itaboraí, mas eles estão com um jogo a menos. Caso tenhamos uma vitória, damos um passo muito grande. Precisamos ter o apoio dos torcedores, porque toda a cidade vem abraçando o clube. Todos estão imbuídos para levar novamente Campos dos Goytacazes à Primeira Divisão. Não será fácil, por isso é necessário o apoio de todos – encerrou Soriano.