Série B1: Barra da Tijuca e Santa Cruz ficam no 1 a 1 em Conselheiro Galvão

Por Emerson Pereira (Fotos: Emerson Pereira/Super Gol)

O Barra da Tijuca recebeu o Santa Cruz na tarde desta quarta-feira, 23, no Estádio Aniceto Moscoso, pela segunda rodada da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B1. Em campo, as equipes ficaram no empate por 1 a 1, com um gol em cada tempo, no Grupo A. Enquanto o Tricolor da Zona Oeste chegou aos quatro pontos, o Santinha somou o primeiro ponto em sua estreia na competição – a partida contra o Americano, pela primeira rodada, ainda não ocorreu.

O jogo

O primeiro tempo demorou a esquentar. O Barra da Tijuca tinha o controle da posse de bola, mas quase não levava perigo ao gol do Santa Cruz, que, por sua vez, buscava sair em jogadas de velocidade. O primeiro lance de perigo ocorreu apenas aos 30 minutos, quando Iago aproveitou cochilo do setor defensivo dos visitantes e cruzou para Quilder cabeçar, parando na defesa de Thiago.

O Santa Cruz respondeu logo depois, aos 32, quando Chritian fez um verdadeiro fuzuê pelo setor esquerdo do Barra da Tijuca, deixou a marcação pelo caminho e tocou rasteiro para o meio. Livre de marcação e com o goleiro Victor Brasil já batido, o atacante Ricón só teve o trabalho de completar para o fundo do gol: 1 a 0.

Atrás no placar, o Tricolor da Zona Oeste por pouco não empatou aos 37 minutos. Após cruzamento de Luiz, o goleiro Thiago não saiu muito bem e a bola sobrou para Iago, que completou. Porém, o camisa 1 se redimiu e fez segura intervenção, assegurando a vitória do Satinha na etapa inicial.

DSC_0933

Para o segundo tempo, o Barra da Tijuca mostrou que teria outra postura e partiu para cima logo no início. Com três minutos, após longo lançamento, o goleiro Thiago não afastou o perigo com os pés e a bola sobrou para Erick, que avançou e finalizou para empatar: 1 a 1.

Após o gol, o time treinador por Eduardo Húngaro sentiu que o momento era propício e foi crescendo. Aos 13, Paulo Vitor colocou na área e Luiz testou com liberdade, mas Thiago apareceu para salvar o Santa Cruz. No lance seguinte, Iago recebeu no bico esquerdo da grande área e bateu, novamente parando no arqueiro rival.

Passado o período de sufoco, o Santa Cruz foi se reorganizado em campo e buscava chegar ao segundo gol. Em sua melhor chance na etapa complementar, aos 38, Bernardo avançou, foi travado na hora do chute e acabou rolando mais atrás para Sandro. O camisa 5 bateu forte e cruzado, com a bola passando tirando tinta da trave direita de Victor Brasil. Sem tempo para mais nada, o 1 a 1 estampou o placar em Conselheiro Galvão.

Próximos jogos

O Santa Cruz agora volta todas suas atenções para o próximo domingo, dia 27, quando terá pela frente o Sampaio Corrêa no Estádio Romário de Souza Faria, o Marrentão, em Duque de Caxias, às 15h. Por outro lado, o Barra da Tijuca só volta a campo no dia 2 de junho, pela quarta rodada, em Madureira, para encarar o Serra Macaense.